"A BÊNÇÃO PAI"

A ACADELP participou ontem, no Teatro Fausto Rezende,  do lançamento do livro de Regina Maciel: "A benção Pai".  "É o registro comovente das memórias de uma professora que ao longo dos anos teve seu caminho marcado pela luta contra o preconceito do próprio pai que a recriminava por sua conduta nos primeiros anos de sua juventude."  

E atendendo pedido da autora falei sobre a educação, cultura, literatura, a arte em Lagoa da Prata. Texto a seguir:

 Presenciamos em nossa cidade, a cada dia mais e mais eventos sócioculturais. E aos poucos vamos desmistificando o conceito de que Lagoa da Prata é a cidade dos "butecos". Aliás esse conceito existe, creio eu,  porque muitos não prestigiam os eventos realizados em nossa cidade. Daí conceituam erroneamente a cultura do município.  Tenho acompanhado, como presidente do Conselho Municipal de Cultura e turismo, e  como  membro  da ACADELP  os eventos culturais nos últimos anos em Lagoa. E fico feliz com o que tenho visto. Crianças, Jovens que despertaram para a arte e que nos comovem em suas apresentações de canto, teatro, dança, música, desenhos, pinturas... como a grande participação nos concursos de poesia da Acadelp, as apresentações dos festivais da AFA, AMAVI, FUTURA, Coral Vozes Especiais da Apae, das escolas de dança, das apresentações nas escolas,  na Estação, nas praças e tantos outros. É o empoderamento da juventude, ocupando os espaços da cidade, são os coletivos que levam a uma nova perspectiva de cultura de todos para todos. Como bem disse Paulo Freire  “a educação não transforma  o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo.”Acreditamos na transformação  que vem da família, mas, muitas vezes esta transformação  está  entregue a escola, a sociedade, ao poder público. Então cabe a cada um de nós cidadãos de bem  despertar nossos aprendizes,  para a necessidade da convivência, do respeito, da ética. Despertar para o equilíbrio emocional é responsabilidade de todos nós. Queremos crianças e jovens educados. Educados para com eles mesmos e para com os outros. Educados para com o meio ambiente, com  a cidade em que vivem. E assim que se constrói o respeito e a competência, sem perder de vista que inteligência sem coração, na metáfora da emoção, não leva lugar nenhum. Assim é a arte, a cultura.  A finalidade da educação, da arte, da cultura se confunde com a finalidade da vida. Esse é o lema que norteia o desejo de cultura em Lagoa da Prata. E você é nosso convidado para conhecer as associações, ongs, coletivos, lançamentos de livros, mostras culturais, eventos sócioculturais, assistir às apresentações dos aprendizes, dos profissionais e, principalmente, compartilhar do sonho de construir, arte por arte, as bases da fundação dessa nova geração. Uma geração composta por seres humanos que as vezes  erram - como todos nós erramos -, mas que sonham por dias melhores para todos e querem a oportunidade para fazer da arte, da cultura  uma ponte para a conquista da dignidade. Acredito, que as coisas mudam de lugar na memória da gente. Ganham uma certa névoa de esquecimento, que perturba a limpidez da lembrança. Mas, em nossa memória coletiva a vida é mais prazerosa quando deixamos livre a nossa imaginação criadora. E cabe a cada um de nós fazê-la acordar dos mais secretos recantos adormecidos da nossa alma. Obrigada. Adircilene Batista e Silva 




Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ACADELP no Festival de Cultura de Lagoa da Prata